Notícias
Medida Cheque-Formação – Candidaturas abertas

Medida Cheque-Formação – Candidaturas abertas


Encontra-se disponível o Regulamento Especifico da medida Cheque-Formação, que define as condições para a apresentação de candidaturas e o respetivo financiamento.



As candidaturas funcionam em regime aberto e podem ser apresentadas a partir de 6 de outubro, através do portal Netemprego – www.netemprego.gov.pt, sendo necessário o registo prévio do titular da candidatura.

O Cheque-Formação foi criado através da Portaria n.º 229/2015, de 3 de agosto, cabendo ao IEFP a execução e acompanhamento da medida.


Qual o objetivo da medida Cheque-Formação?
Reforçar a qualificação e a empregabilidade dos ativos empregados e dos desempregados através da frequência de percursos de formação ajustados às necessidades das empresas e do mercado de trabalho.


Quem pode ser beneficiário?

  • Ativos empregados, com idade superior ou igual a 16 anos, independentemente do seu nível de qualificação, cujas candidaturas podem ser apresentadas pelos próprios ou pelas respetivas entidades empregadoras;
  • Desempregados inscritos no IEFP, I.P. há, pelo menos, 90 dias consecutivos, com idade igual ou superior a 16 anos, detentores do nível 3 a 6 de qualificação. A formação a apoiar deve corresponder ao definido no Plano Pessoal de Qualificação (PPQ), obtido na sequência de um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) profissional.

  • Qual a duração da formação e o apoio financeiro?

    Ativos empregados

    O apoio a atribuir, por trabalhador, considera:

  • A duração máxima de 50 horas de formação, no período de dois anos;
  • Um valor/hora de 4€, num montante máximo que poderá atingir os 175€, sendo que o apoio a atribuir não pode exceder 90% do valor total da ação de formação, comprovadamente pago.
  • Desempregados

  • Os desempregados que frequentem percursos de formação com uma duração máxima de 150 horas de formação, no período de dois anos, têm direito a um apoio financeiro correspondente ao valor total da ação de formação, comprovadamente pago, até ao montante máximo de 500€.
  • Fonte: IEFP


    Se quiser usufruir da medida cheque-formação nos cursos da APEU, não hesite em enviar um email para apeu@fe.uc.pt ou contactar através do nº: 961400523.

    Leia mais (+)

    Cursos

    Como selecionar as melhores empresas para investir na Bolsa 18 horas

    Facultar um maior e actual conhecimento sobre o funcionamento da Bolsa.

    Saiba mais (+)

    Cursos

    Formação Avançada em Negociação 21 horas

    A turbulência económica dos dias de hoje implica um baixo grau de previsibilidade nos resultados a alcançar, o que naturalmente traz uma grande instabilidade às relações comerciais e não só. Mudanças rápidas no contexto implicam muitas vezes uma necessidade de revisão de acordos, que pareciam estáveis, como condição essencial para o alcance de níveis de rentabilidade aceitáveis de parte a parte. Por outro lado, se é certo que nos dias de hoje, as divergências e desvios entre as partes, sejam elas fornecedores/clientes, gestores/colaboradores, parceiros, tendem a proliferar e a ser acentuadas, nunca foi tão importante chegar a soluções de consenso, numa lógia colaborativa win-win. Este curso surge precisamente para desenvolver essas tão necessárias competências de negociação, nas mais variadas funções ou posições.

    Saiba mais (+)

    Cursos

    Corporate Reporting 36 horas

    A complexidade das estruturas organizacionais, associada à crescente globalização dos mercados e à grande diversidade de stakeholders, exige das organizações a preparação de informação de qualidade. As diversas teorias sobre a governação societária, tendo por base os mais diversos mecanismos de controlo internos e externos, exigem das organizações a preparação de um relato empresarial diferenciado que esteja ajustado à sua dimensão, ao setor em que opera, às exigências impostas por legislação específica, ou simplesmente assente em objetivos internos. A qualidade do reporte empresarial e da governação societária poderão, assim, determinar o seu desempenho operacional e estratégico.

    O curso tem como objetivo geral a identificação das principais estruturas de governo das sociedades bem como o relato empresarial (económico-financeiro) decorrente do normativo contabilístico aplicável. Procura ainda proporcionar aos participantes uma visão integrada dos aspetos indispensáveis à preparação e divulgação de um relato empresarial de qualidade.

    Saiba mais (+)

    Workshops gratuitos

    ¿Habla español? 1.5 horas

    Porque o Portunhol não é língua, o presente workshop tem por objetivo apresentar bases estruturais e comunicativas de espanhol e identificar as armadilhas entre os idiomas português e espanhol. As semelhanças linguísticas e origem comum do espanhol e o português facilitam a aprendizagem destas línguas e permitem satisfazer as necessidades comunicativas imediatas num curto espaço de tempo. Este dado constitui uma vantagem inegável, mas pode, simultaneamente, gerar uma falsa crença de domínio linguístico, podendo levar a interpretar como uma similaridade aquilo que não o é, assim como originar diversas interferências e erros de tradução.

    Saiba mais (+)

    Cursos

    Introdução aos Sistemas de Informação Geográfica 7 horas

    Os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) têm obtido uma notoriedade muito significativa ao longo das últimas décadas, generalizando-se a sua utilização quer ao nível profissional, quer para fins pessoais. Existe um conjunto alargado de aplicações que recorrem à cartografia e que permitem aos utilizadores fazerem uso de serviços que incluem algum tipo de componente geográfica na informação que facultam. Este curso pretende, assim, fornecer um guia prático para a realização de mapas através do recurso a aplicações de acesso livre e de utilização simplificada, que permitam a exploração de possibilidades adicionais nesta área para lá da simples consulta de mapas e seus derivados.

    Saiba mais (+)

    Cursos

    As Principais Alterações ao SNC para 2016 7 horas

    Em junho de 2013 foi publicada a Diretiva n.º 2013/34/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, a qual versa sobre as demonstrações financeiras anuais, demonstrações financeiras consolidadas e relatórios conexos de certas formas de empresas. Impõe a Nova Diretiva da Contabilidade que cada um dos respetivos Estados-membros proceda à sua transposição até 20 de julho de 2015. No caso português esta veio a ocorreu em 2 de junho de 2015, com a publicação do Decreto-Lei n.º 98/2015. Esse diploma abrange um conjunto de alterações relevantes no atual Sistema de Normalização Contabilística (SNC, 2009). Neste contexto, importa conhecer, em traços gerais, quais são as linhas orientadoras seguidas e quais as principais alterações que irão entrar em vigor já a partir de 1 de janeiro de 2016. Também se procura avaliar os principais impactos dessas mudanças no dia-a-dia das empresas e dos preparadores das demonstrações financeiras.

    Saiba mais (+)

    Cursos

    Construção de Questionários Eletrónicos 7 horas

    Facultar formação na construção e implementação de questionários eletrónicos. Esta formação incluirá a necessária abordagem dos requisitos metodológicos de base na aplicação de questionários electrónicos e a explicitação do funcionamento prático da aplicação LimeSurvey, uma opção de código-aberto com enormes potencialidades para o desenvolvimento deste tipo de atividades em investigação e/ou em contexto empresarial.

    Saiba mais (+)

    Pós-Graduações

    Pós-graduação em Gestão Financeira e Fiscal de Empresas 162 horas

    A pós-graduação tem como objetivo a obtenção de competências especializadas nas várias vertentes da área da gestão financeira e da fiscalidade empresarial, visando a formação de profissionais capazes de desenvolver e aplicar duma forma integrada as técnicas de gestão financeira e o respectivo enquadramento tributário nas organizações, quer enquanto quadros das empresas quer como consultores financeiros ou fiscais independentes.

    Saiba mais (+)

    Cursos

    Bases de dados e gestão bibliográfica 6 horas

    Neste curso os participantes vão aprender a usar o Zotero para “Pesquisar, Organizar, Citar e Referenciar informação” automaticamente. Será dada particular relevância ao armazenamento, organização e anotação de documentos pdf, assim como à produção de relatórios a partir das notas tiradas em documentos pdf. O curso é útil para quem desenvolve projetos (de pesquisa ou de outra natureza) e para quem tem de produzir relatórios, fornecendo ferramentas que permitem reduzir o tempo de realização e reduzir o erro. É igualmente útil para evitar a eventual perda de informação.

    Saiba mais (+)

    Os conteúdos deste website são propriedade de APEU. Concepção e desenvolvimento por Netflix - Innovation & Technology, Lda.